Dicas

Esportes radicais urbanos: 4 modalidades que você precisa conhecer!

Escrito por Lazer e Aventura

A maior parte das pessoas associa esportes radicais a montanhas, corredeiras e desfiladeiros, mas, na verdade, os praticados na natureza não são os únicos. Alguns esportes radicais urbanos já são tão comuns no nosso dia a dia que nos esquecemos deles. O fato de serem realizados na cidade torna o acesso mais fácil para aos entusiastas e incentiva a prática esportiva.

Neste post, conheceremos 4 destes esportes radicais e mostraremos que não é preciso sair da cidade para ter um pouco de adrenalina!

1. Airsoft

O Airsoft é um esporte que está crescendo no Brasil. Ele simula operações militares e policiais, em espaços fechados ou ao ar livre. As armas utilizadas são de pressão e a munição é um projétil de plástico. Entretanto, apesar do material, podem causar machucados. Logo, é importantíssimo usar os equipamentos de proteção, como coletes, óculos e capacete.

Como em todo esporte de combate, existem algumas regras, por exemplo, é proibido dar tiro sem mirar e atirar sem se mostrar visível ao competidor. Ao levar um tiro, você deve avisar que foi atingido, já que as balas não possuem tinta, como no paintball.

2. Parkour

O Parkour surgiu na França e busca autonomia do corpo e da mente. O objetivo é se deslocar de um lugar para outro de forma rápida. Para isso, os praticantes usam diversos cantos das cidades para trabalhar força, agilidade, equilíbrio, noção de espaço, precisão e a criatividade. Eles escalam muros, saltam escadas e vãos.

Por usar os espaços urbanos e ser pouco conhecido, inicialmente o esporte era confundido com vandalismo. Com o tempo, principalmente após aparecer em clipes de artistas famosos, as pessoas passaram a reconhecer e algumas até se tornaram novos adeptos.

3. Skate

O skate surgiu na Califórnia, como uma adaptação do surf. É um esporte democrático, que pode ser praticado tanto por crianças como por idosos. É considerado radical por suas manobras. Quanto mais experiente, maior o grau de dificuldade.

Para começar a praticar é necessário escolher um skate e equipamentos de segurança, como capacete e joelheiras. O skate pode ser praticado em praças, parques e em pistas próprias, com rampas, corrimões e outros obstáculos para as manobras.

4. Rapel

Quando se pensa em rapel, logo imaginamos uma cachoeira ou paredão. O que muita gente não sabe é que também pode ser praticado dentro das cidades! Nos centros urbanos, ele é feito em pontes, viadutos, prédios abandonados e paredões artificiais.

O número de praticantes cresceu em São Paulo. Os grupos especializados reúnem cerca de 20 a 30 integrantes, que se encontram aos finais de semana. Um dos lugares mais usados é a ponte sobre a Sumaré.

Existem diversas opções de esportes radicais urbanos para os amantes da adrenalina que não podem ou não querem sair da cidade. Nem só na natureza vivem os esportes radicais, mas na selva de pedra também! O importante é escolher um que combina com você.

Gostou do post? Então, siga nossas redes sociais e fique por dentro de tudo o que acontece! Estamos no FacebookInstagram e Youtube.

 

 

Sobre o autor

Lazer e Aventura

Deixar comentário.

Share This